Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde

As 6 Coisas Simples que Pode Gerar Câncer

As Coisas Simples que Pode Gerar Câncer e você nem sabia. Além disso, Câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado (maligno) de células que invadem os tecidos e órgãos, podendo espalhar-se (metástase) para outras regiões do corpo. Dividindo-se rapidamente, estas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando a formação de tumores (acúmulo de células cancerosas) ou neoplasias malignas.Por outro lado, um tumor benigno significa simplesmente uma massa localizada de células que se multiplicam vagarosamente e se assemelham ao seu tecido original, raramente constituindo um risco de vida. Os diferentes tipos de Câncer correspondem aos vários tipos de células do corpo. Por exemplo, existem diversos tipos de Câncer de pele porque a pele é formada de mais de um tipo de célula.

Se o Câncer tem início em tecidos epiteliais como pele ou mucosas ele é denominado carcinoma. Se começa em tecidos conjuntivos como osso, músculo ou cartilagem é chamado de sarcoma. Outras características que diferenciam os diversos tipos de Câncer entre si são a velocidade de multiplicação das células e a capacidade de invadir tecidos e órgãos vizinhos ou distantes (metástases).

Como Surge o Câncer: As células que constituem os animais são formadas por três partes: a membrana celular, que é a parte mais externa; o citoplasma (o corpo da célula); e o núcleo, que contêm os cromossomas, que, por sua vez, são compostos de genes. Os genes são arquivos que guardam e fornecem instruções para a organização das estruturas, formas e atividades das células no organismo.

Toda a informação genética encontra-se inscrita nos genes, numa “memória química” – o ácido desoxirribonucleico (DNA). É através do DNA que os cromossomas passam as informações para o funcionamento da célula. Uma célula normal pode sofrer alterações no DNA dos genes. É o que chamamos mutação genética.

As células cujo material genético foi alterado passam a receber instruções erradas para as suas atividades. As alterações podem ocorrer em genes especiais, denominados protooncogenes, que a princípio são inativos em células normais. Quando ativados, os protooncogenes transformam-se em oncogenes, responsáveis pela malignização (cancerização) das células normais. Essas células diferentes são denominadas cancerosas. Então, confira agora As 6 Coisas Simples que Pode Gerar Câncer:

Remédios: Remédio é umas das Coisas Simples que Pode Gerar Câncer. O principal grupo de medicamentos que podem colaborar com o aparecimento de Câncer são os próprios remédios para a cura do mesmo. Apesar de em a curto prazo os benefícios aparentem superar os riscos é importante observar os fatores maléficos, causados pela utilização à longo prazo, desses medicamentos. Outros que também estão no mesmo ciclo são aqueles à base hormônios e os imunossupressores.Radiação: Esse é um fator que já conhecemos, e apesar de não ser tão simples e cotidiano quanto parece, exames como Raios X, Tomografias, Mamografias, Radioterapias, Medicina Nuclear e Braquiterapia, são exemplos de agentes que contém radiação ionizante, responsável por alguns tipos de Câncer, claro que dependendo da quantidade e tempo de exposição.

Alguns estudos e pesquisas com pessoas que sobreviveram às explosões das bombas atômicas, registraram que quanto maior a exposição à radiação maiores são as chances de obter um Câncer Hematopoético (medula óssea), Tiroidiano, Mamário e Ósseo. Radiação foi considerada umas das piores Coisas Simples que Pode Gerar Câncer.Tabagismo: Já foi comprovado por inúmeros estudos que fumar causa alguns tipos de Câncer, como por exemplo os de Pulmão e Laringe. Sendo um dos principais motivos, o controle de tabagismo no Brasil vem sendo feita pelo Ministério da Saúde, tendo como principal órgão ativo o INCA, Instituto Nacional de Câncer José de Alencar Gomes da Silva, desde o final de década de 1980.Sexo: Tanto a vida sexual ativada precocemente, quanto a variedade de parceiros, podem influenciar em Câncer do Colo do Útero. O hábito sexual influencia na transmissão de vírus carcinogênicos. Sendo perigosos tanto para a mulher quanto para o homem.

Por exemplo, o HPV (Papilomavírus Humano) está relacionado ao Câncer do Colo do Útero, bem como o HIV (Vírus de Imunodeficiência Humana) está a outros tipos de vírus, como o Citomegalovírus e os Herpevírus I e II, que podem colaborar para o surgimento de Sarcoma de Kaposi, Câncer de Língua e Reto. Os vírus HTLV-I está relacionado à Leucemias e Linfoma de Linfócitos T, e a Hepatite B ao Câncer de Fígado.

Alimentos: De acordo com o INCA, os hábitos alimentares inadequados são a segunda maior causa de Câncer que poderiam ser prevenidos. Alguns dos principais componentes que são responsáveis pelo aparecimento de Câncer são os nitritos e nitratos usados para conservar e realçar o sabor de determinados alimentos industrializados, como por exemplo: presunto, salsicha, bacon, linguiça, Pipoca de Micro-Ondas, Produtos Enlatados, Carne Vermelha Grelhada, Alimentos Geneticamente Modificados, Açúcar Refinado, Salgados, em Conserva, Lanches Defumados, Refrigerantes, Bebidas Gaseificadas, Farinha Branca Refinada, Peixes de Viveiro, Óleos Hidrogenados e etc.

Alguns alimentos como a carne de sol, charques e peixes salgados, que são preservados no sal, podem influenciar no aparecimento de Câncer de Estômago. Da mesma forma, o preparo dos alimentos também influenciam, como por exemplo fritar, grelhar ou preparar carnes em altas temperaturas podem refletir em Câncer de Estômago e Colorretal.Bebidas Alcoólicas: O consumo de bebidas alcoólicas podem aumentar o risco de Câncer de Cavidade Oral, Laringe, Faringe, Esôfago, Fígado, Mama e Colorretal, sendo esse último mais comum em homens. Além de várias outras disfunções como a violência, suicídio, acidentes de trânsito, dependência química, cirrose, pancreatite, demência, polineuropatia, miocardite, desnutrição, hipertensão arterial e infarto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.