Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças Doenças e Tratamentos

As 5 Principais Causas de Cobreiro

As 5 Principais Causas de Cobreiro são muito importantes para o tratamento do Cobreiro. Além disso, o herpes zoster, popularmente chamado de Cobreiro, é uma infecção causada pelo mesmo vírus que causa a varicela (catapora), que fica adormecido no organismo e “desperta” por diferentes motivos. O Cobreiro ocorre quando o vírus se reativa, quase sempre porque o sistema imunológico se desequilibra devido a certas doenças, como o câncer, o HIV, ou por situações como um transplante de órgãos, falta de vitaminas, estresse, nervoso ou ansiedade excessiva.

A manifestação do Cobreiro inicia, na maioria dos casos, de forma dolorosa, com formigamento, ardor e prurido (coceira) no local, acompanhados ou não de febre, dores de cabeça e mal-estar geral. Depois, o local da coceira fica avermelhado e surgem pequenas erupções bolhosas cheias de líquido transparente ou levemente amarelado. Geralmente as lesões seguem a linha de um nervo e são comuns na região torácica, cervical, facial, lombar e sacral. Outra característica é que as lesões aparecem frequentemente em apenas um lado do corpo.

O quadro pode durar entre uma e quatro semanas. Depois disso, forma-se uma crosta nas erupções até que elas desapareçam, mas as marcas ficam por toda a vida. Quando as bolhas secam pode ocorrer um episódio de neuralgia pós-herpética, que é uma dor aguda, pulsante e incômoda na região de vez em quando. O Cobreiro só afeta pessoas que já contraíram o vírus Varicella-zoster, como dito anteriormente, causador da catapora, doença muito frequente em crianças.

Causas de Cobreiro: Depois que a pessoa contrai a varicela, este vírus permanece inativo (dormente) em alguns nervos do nosso corpo. A herpes zoster ou Cobreiro ocorre quando o vírus reativa nestes nervos após muitos anos. Muitas pessoas sofreram com casos tão leves de varicela que nem perceberam que foram infectadas. O que faz com que o vírus se torne ativo de repente, não é muito clara. Muitas vezes, ocorre apenas um ataque. Essa infecção pode ocorrer em qualquer faixa etária. Mais as pessoas mais propensas a desenvolver esta condição são as seguintes:

  • As que tem mais de 60 anos de idade.
  • Teve varicela antes de completar um ano de idade.
  • Seu sistema imunológico está enfraquecido devido a alguma medicação ou doença.

Se tanto uma criança como um adulto entra em contato direto com alguma ferida cutânea causada pelo Cobreiro e não teve varicela quando criança ou não foi vacinado contra a mesma, pode ter varicela e não Cobreiro.

Sintomas de Cobreiro: Os principais sintomas de Cobreiro são:

  • Dor nevrálgica muito forte que segue o trajeto do nervo e pode persistir depois que as lesões cutâneas desapareceram, o que caracteriza a neuralgia pós-herpética;
  • Surgimento de vesículas na pele semelhantes às da infecção pelo herpes humano simples. Cheias de líquido que contém o vírus, elas aparecem de um lado só do corpo e abrangem uma faixa bem demarcada nas costas ou no rosto seguindo o feixe de enervação. Quando acometem o rosto, atingem o nervo trigêmeo e, nos casos mais graves, podem provocar cegueira e surdez;
  • Coceira, formigamento, dor de cabeça, febre, distúrbios gastrointestinais.

Como Evitar o Contágio com o Cobreiro: Para evitar o contágio com o Cobreiro, recomenda-se não beijar a boca do indivíduo que tenha a ferida no local, e não utilizar o mesmo copo, talher, batom, ou qualquer outro objeto que tenha sido “contaminado” pelo vírus presente na ferida. Em caso de feridas na zona genital, recomenda-se não ter relação e não partilhar lençóis, toalhas e roupas íntimas.

Tratamento Para Cobreiro: O tratamento para Cobreiro é feito com um anti-viral por cerca de 5 a 10 dias. Alguns exemplos são: Aciclovir (Zovirax); Fanciclovir (Famvir) e Valaciclovir (Valtrex). O medicamento combate o vírus e as lesões vão desaparecendo até 21 dias, em indivíduos saudáveis.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.