Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

As 5 Dicas Para Prevenir o Reumatismo

As 5 Dicas Para Prevenir o Reumatismo são simples, no enanto, muito eficaz para o tratamento do Reumatismo. Além disso, o Reumatismo é o termo genérico usado para designar um grupo de doenças que afeta articulações, músculos e esqueleto, caracterizado por dores e restrições dos movimentos. Portanto, Reumatismo não se refere a nenhuma doença específica e sim a um grupo de doenças com as características acima citadas. Compreende artrites, mialgias, neurites, gota e processos similares.

Sob a denominação genérica de Reumatismo existem mais de 100 doenças diferentes. O Reumatismo é comumente associado a dores ao longo dos músculos e tendões (pacientes freqüentemente mostram tendões e os identificam como nervos), mas também pode referir-se a doenças articulares.

Nos modernos livros-texto de reumatologia não há a preocupação em definir Reumatismo. Realmente, a diversidade de doenças reumáticas existentes impede uma definição que abranja adequadamente todas elas, pois os mecanismos causadores das doenças e os órgãos atingidos variam bastante.

Causas do Reumatismo: A ciência ainda não descobriu o que é a causa do Reumatismo. Já se investigou se a doença estaria relacionada a infecções por vírus, fungos e bactérias, mas até hoje nenhum agente causador foi identificado pelos pesquisadores. Inúmeros estudos ocorrem simultaneamente ao redor do mundo para tentar encontrar a causa do Reumatismo, mas por enquanto o que se sabe é que o Reumatismo pode ter um forte componente genético.

Cientistas já conseguiram isolar alguns genes que aumentam o risco para o desenvolvimento da artrite reumatoide, e pesquisas preliminares apontam para uma ligação entre determinados fatores ambientais e o início da resposta inflamatória. Assim, pessoas que têm familiares próximos que sobrem com Reumatismo podem ter um risco elevado de desenvolver a condição.

Outros possíveis fatores de risco para o Reumatismo incluem o desgaste das articulações causado pelo excesso de movimentos repetitivos (como aqueles executados em certas modalidades esportivas), o tabagismo e presença de determinadas bactérias no intestino.

Sintomas do Reumatismo: Apesar das origens distintas, alguns sintomas são comuns à maioria das doenças reumatológicas, motivo pelo qual antigamente eles eram chamadas de Reumatismo. Os sintomas típicos do Reumatismo são a dor na articulação, que pode ou não vir acompanhada de inchaço e incapacidade funcional. A presença de inflamação em uma articulação é chamada de artrite.

Diferenças Entre Reumatismo e Artrite: O que as pessoas chamam de Reumatismo é, muitas vezes, um quadro de artrite, que é a inflamação da articulação. Quando o paciente queixa-se apenas de dor articular, sem haver nenhum sinal de inflamação na articulação dolorida, dizemos que ele tem uma artralgia. Por outro lado, se a dor articular vier acompanhada de inchaço, vermelhidão e calor local, isso aponta para uma articulação inflamada, e o nome correto é artrite.

Várias das doenças listadas no tópico anterior pode apresentar artrite, sendo a artrite reumatoide, a osteoartrite e a gota as doenças mais típicas. Vamos falar resumidamente dos sintomas dessas doenças, que são as causas mais comuns de “Reumatismo”.

Dicas Para Prevenir o Reumatismo: Em casos de Reumatismo de origem hereditária não há muito o que se fazer. A pessoa provavelmente irá desenvolver alguma complicação em determinado período da vida. É indicado um acompanhamento médico e monitoramento do organismo para que os danos sejam menores e para que os transtornos sejam amenizados.

Manter a higiene corporal ajuda na prevenção de Reumatismo do tipo infeccioso, por exemplo. Uma boa alimentação é indicada para a prevenção não somente desta como de diversas outras doenças, já que um corpo saudável é um corpo mais protegido. Trabalho intenso, movimentos repetitivos ou esforços excessivos podem acabar levando uma pessoa a desenvolver Reumatismo do tipo degenerativo. Portanto, fique atento ao seu corpo e aos movimentos que executa.

O estresse, a ansiedade e depressão contribuem com estes quadros de Reumatismo. Busque auxílio médico sempre que notar pioras. A obesidade ajuda muito no surgimento destas complicações, assim como o sedentarismo. Adquira o hábito de praticar atividades físicas e mantenha uma dieta equilibrada.

Tratamento do do Reumatismo: Por não ser uma doença especifica, mas sim um grupo de doenças, o tratamento para o Reumatismo varia de acordo com cada caso. Para isso, o médico deverá realizar um diagnóstico preciso da articulação dolorida e investigar os motivos dos incômodos.

O diagnóstico do Reumatismo leva em consideração o histórico do paciente e a frequência dos sintomas. Também poderão ser solicitados exames de imagem, como o raio-x e a ressonância magnética para um melhor tratamento do Reumatismo. No caso da osteoporose, o exame de densitometria óssea poderá indicar a perda óssea. Para o alívio das dores, podem ser adotadas algumas medidas, como:

  • Aplicar compressas com gelo.
  • Perder peso para diminuir a sobrecarga na articulação.
  • Evitar ficar parado numa mesma posição.
  • Fazer fisioterapia, para fortalecer a musculatura e aliviar as dores.
  • Utilizar palmilhas pés sem dor.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.