Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Dicas Variadas

As 15 Coisas que Você não Sabia Sobre Vaginas

Além das 15 Coisas que Você não Sabia Sobre Vaginas, ela ainda tem muitas incógnitas, desde a sua criação até o imenso prazer que ela causa. Além disso, ela é uma parte do corpo da mulher eternamente incompreendida.

Embora símbolo de desejo masculino, são poucos os caras que realmente conhecem a região e proporcionam prazer adequado a ela. Desde o famoso Relatório Hite em que se descobriu que cerca de 70% das mulheres só podem atingir o orgasmo através do clitóris, foi revelando mistérios que nem tinham pensado.

vaginaTodo mundo deveria saber tudo sobre o seu corpo. Conhecer o nosso próprio corpo pode ser uma ajuda e tanto na hora da relação sexual, principalmente para os homens. Mas ainda assim, há coisas que as mulheres não sabiam sobre a vagina. Por isso listamos aqui As 15 Coisas que Você não Sabia Sobre Vaginas:

O Clitóris Possui o Mais Terminações Nervosas que o Pênis: Ele possui 8 mil terminações nervosas, enquanto o pênis só possui 4 mil, por isso estimulações no local podem resultar em uma sensação indescritível de prazer – o que explica também o fato que, se pesar a mão na fricção, dói! Portanto, um orgasmo clitoriano, geralmente, é muito mais intenso do que um orgasmo masculino. Além disso, uma vez estimulado, o clitóris pode afetar um total de 15.000 nervos.

Algumas Mulheres Talvez Nunca Tenha Tido um Hímen: A maioria das mulheres nasceu com essa membrana mucosa da vagina, mas você pode não ter tido uma e nem sabe. Isso porque a ausência do hímen não impacta em nada na vida sexual.

A Vagina Dobra de Tamanho Quando Está Excitada: Nesse aspecto, somos iguais aos homens. A vagina pode variar, significativamente, em tamanho e forma conforme a excitação. Quanto mais tesão você tiver, mais o canal vaginal alonga. É nessa hora também que o útero muda de posição, para que o pênis entre inteiro sem cutucá-lo e gerar aquele incômodo que nada tem a ver com prazer.

O Salto Alto é Ruim Para a Vagina: Ou, pelo menos para o assoalho pélvico! Algumas pessoas pensam que fortalece a vagina, mas ele pode realmente mover o útero.

Seus Órgãos Podem Sair pela Vagina: Esse pesadelo acontece no chamado prolapso genital, que causa a perda de sustentação da bexiga, uretra, útero, intestino e reto, porque os músculos que constituem o assoalho pélvico ficam fracos. Gravidez e parto (especialmente o normal) são as causas mais comuns do prolapso genital. Mas não precisa pirar, porque esse é um problema possível de reverter com cirurgia.

Ter Muitas Relações Sexual não Deixa a Vagina Mais Larga: De acordo com o psicólogo Justin J. Lehmiller, autor do blog Sex and Psychology, “a vagina se torna naturalmente mais ampla quando as mulheres estão sexualmente excitadas, a fim de prepará-la para a relação sexual – mas depois do sexo, tudo volta ao seu estado normal. O que causa a frouxidão vaginal é a idade avançada e (para algumas mulheres) o parto.”

O Corrimento Vaginal é Normal: O Corrimento vaginal é geralmente inodoro, de cor clara, até mesmo branco. Mas se você tem um odor infecção pode ser muito desagradável e poderia ter comichões. Uma boa higiene e roupas íntimas de algodão pode prevenir este tipo de infecção. Não se esqueça!

O Órgão Não é Apenas “A Vagina”: Normalmente, toda a área genital é chamada de “a vagina”, mas, na verdade, sua vagina é apenas uma parte dela. Há também a vulva (região externa) incluindo os pequenos lábios e grandes lábios, clitóris e uretra.

Sexo Ajuda a Vagina a ser Saudável: Ter relações sexuais pode impedir que a vagina seque! Parece óbvio, mas quando os nossos níveis de estrogênio caem, a vagina torna-se seca e as relações sexuais pode tornar-se dolorosas.

Ficar Sentada por Muito Tempo é Prejudicial a Vagina: Ficar sentada por um longo período de tempo pode não só causar dor nas costas, mas também podem aumentar o risco de infecção vaginal por bactérias. E quando se sente numa posição fixa, a área genital é aquecida, porque o fluxo de ar é reduzida e também a umidade aumenta.

Assim, o atrito, calor e umidade na área genital pode causar irritação, e fornecer o terreno fértil perfeito para bactérias. O mesmo pode ser associado com roupas apertadas. Excessivamente jeans apertados aumentar significativamente o risco de infecções vaginais, pela mesma razão.

A Vagina Está Pronta para um Treino Intenso: A vagina, palavra que vem do latim e significa “bainha de uma espada”, é capaz de suportar um treinamento muito intenso; tônus muscular da vagina é muito forte. Os exercícios de Kegel (que podem ser feitos a qualquer momento, quer sentado ou deitado) são realmente eficazes no fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico que ajudam a nossa saúde (por exemplo, um problema de incontinência) e obter orgasmos agudos.

Em um final mais radical, a vagina pode alcançar força literalmente para pegar o pênis que sai. É o que é conhecido como captivu pénis. Durante a penetração, o órgão masculino incha paulatinamente graças ao intenso fluxo de sangue que permite a ereção. Se neste momento a mulher chegar ao orgasmo, os músculos do assoalho pélvico dela se contraem. Então, dependendo do modo como a contração acontecer, a vagina pode prender o pênis com tanta força que o homem não consegue tirá-lo de lá.

coisas-sobre-a-vaginaHigiene Excessiva é Ruim para a Vagina: A vagina é projetada para ficar limpa sozinha com a ajuda de secreções naturais. Por conseguinte, a lavagem excessiva não é recomendada. É melhor evitar perfumes, géis e sabonetes anti-sépticos, pois eles podem afetar o equilíbrio saudável de bactérias e níveis de pH da vagina e até mesmo levar à irritação. Limpeza excessiva também nos expõe à infecção.

O que Você Come Afeta no Cheiro da Vagina: O que você come é o que você cheira, você poderia dizer. E a dieta ainda afeta a maneira como cheira a vagina. Embora tenha havido muita pesquisa neste campo, a evidência sugere que este perfume pode variar durante a ovulação e até mesmo quando comemos algo picante como o alho ou pimenta.

Exercite Sua Vagina: Treinar os músculos do assoalho pélvico aumenta o prazer sexual, fornece mais orgasmos, reduz a dor durante o parto e controla inconsistência urinária. E o melhor de tudo é que você não tem que ir a qualquer ginásio para exercê-los, porque você pode fazê-lo a qualquer momento sem que ninguém perceba. Você apenas tem que apertar os músculos como se você quisesse reter a urina, contratá-los por alguns segundos, solte e repita várias vezes.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.