Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Dicas Variadas Doenças ortopédicas Saúde

As 10 Maiores Causas de Cãibras Noturnas

As Maiores Causas de Cãibras Noturnas, conheça elas. Além disso, se você nunca acordou no meio da noite sentindo alguma parte dos músculos das pernas contraída e causando uma dor intensa, é bem provável que você ainda vá sentir isso.

Estamos falando das cãibras noturnas, um mal que faz muita gente perder o sono. Para evitar esse tormento na sua vida, a primeira coisa que deve ser feita é descobrir as causas. Então confira abaixo, As 10 Maiores Causas de Cãibras Noturnas:

Desidratação: A Desidratação também pode ser apontada como a causadora de cãibras noturnas, uma pessoa desidratada, mesmo que tenha uma alimentação balanceada, pode sofrer com as contrações musculares durante a noite. Portanto, para evitar as cãibras, mantenha-se sempre hidratado para repor os sais minerais do corpo.

Sedentarismo: Ao mesmo tempo em que a sobrecarga muscular pode ser uma das causas das cãibras noturnos, o sedentarismo também pode acarretar em cãibras noturnas. Passar o dia inteiro sentado ou deitado sem se exercitar e mudar de posição pode resultar nesses espasmos musculares devido à má circulação do sangue.

Para evitar as cãibras noturnas nas pernas por sedentarismo, o ideal é criar uma rotina de exercícios e incorporar hábitos como caminhadas e alongamentos à sua rotina.

Alimentos: Além das práticas físicas, hábitos alimentares podem estar totalmente relacionados às causas das cãibras noturnas. Isso porque as cãibras podem ser uma reação do corpo à falta de cálcio, magnésio e potássio. Para prevenir, pense sempre em inserir alimentos ricos em sais minerais à sua dieta, tem algumas sugestões do que consumir:

Medicamentos: Se você sofre com as cãibras noturnas, atente-se aos medicamentos que você costuma tomar, eles podem ser a causa disso. Remédios diuréticos, para o colesterol, antipsicóticos, anticoncepcionais e corticoides podem ter as cãibras como efeito colateral. Portanto, leia sempre a bula e converse com seu médico.

Doenças: Dentre as doenças que podem estar relacionadas às causas das cãibras nas pernas à noite, a diabetes alta é uma das principais. Quando a doença não está controlada, o excesso de açúcar no sangue pode ter um efeito diurético, causar desidratação e, consequentemente, a cãibra, que pode estar acompanhada de formigamento e sensação de dormência no local.

Sob qualquer suspeita de diabetes é imprescindível procurar um médico.

Hipotireoidismo: Outra complicação de saúde que pode ser uma das causas das cãibras noturnas é o hipotireoidismo, uma síndrome que reduz a produção de hormônios da tireoide que atuam em todos os tecidos do organismo. Alguns dos sintomas se manifestam no sistema muscular como fadiga muscular, dores e cãibras a qualquer hora do dia ou noite, em qualquer parte do corpo.

Exercícios Físicos: Uma das teorias é a de que o acúmulo de ácido lático nos músculos também é apontado como uma das causas das cãibras noturnas. O corpo humano produz ácido lático durante a realização de exercícios físicos, quando ele é produzido em excesso e não é devidamente absorvido pelo organismo, acarreta em cãibras e dores musculares.

Alongar-se após fazer exercícios ou até mesmo antes de dormir ajuda com que o ácido seja reabsorvido mais rapidamente pelo organismo e evita a cãibras e dores.

Posição Para Dormir: Dormir em posições em que o sangue não circula corretamente também pode resultar em cãibras noturnas. O ideal é que não haja sobrepeso sobre nenhuma das pernas e que elas estejam em uma posição relaxada e natural. Quanto mais confortável você estiver, menos chances de sofrer cãibras durante a noite terá.

Alcoolismo: Por fim, o alcoolismo pode ser um dos agentes causadores das das cãibras nas pernas à noite. Uma de suas complicações é a neuropatia alcoólica, que dentre as consequências tem uma atrofia de fibras musculares, logo, dores musculares e cãibras noturnas. É por isso que o alcoolismo deve ser tratado como doença e por um médico especialista no assunto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.