Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Diabetes Dicas de Saúde

As 10 Dicas Para Ajudar a Regular a Diabetes

As 10 Dicas Para Ajudar a Regular a Diabetes. Além disso, na prevenção ou no controle da doença, uma boa alimentação faz toda diferença. Essa é uma doença crônica e pode ser descrita como um distúrbio do metabolismo.

Ela é caracterizada pela resistência à insulina e diminuição da secreção dessa substância, levando à hiperglicemia, isto é, o aumento de açúcar no sangue. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), pelo menos 346 milhões de pessoas sofrem de algum tipo de Diabetes ao redor do mundo. Então, confira As 10 Dicas Para Ajudar a Regular a Diabetes:

dicas para regular a diabetesDois Problemas: As principais variações do Diabetes são do tipo 1 e 2: Diabetes tipo 2 é um distúrbio metabólico de causa multifatorial caracterizada pela resistência à insulina, levando à hiperglicemia (aumento de açúcar no sangue).

Já o tipo 1 se caracteriza pela produção lenta de insulina no pâncreas, que perde a capacidade de gerar insulina em decorrência de um defeito do Sistema Imunológico. A diferença entre as duas, é o fato do tipo 1 ser uma doença autoimune em que não há secreção de insulina.

Diagnóstico: O teste mais conhecido para apontar a presença do Diabetes é a glicemia em jejum de 8 a 12 horas, que verifica o nível de glicose presente no sangue. A glicemia varia bastante ao longo do dia, sendo mais alta após as refeições e menor nos períodos de jejum. Nas pessoas não portadoras da doença, a variação da glicemia em jejum vai de 70mg/dL a 99mg/dL. O diagnóstico do Diabetes aponta glicemia de jejum maior ou igual a 126mg/dL.

Glicemia, Hiperglicemia e Hipoglicemia: A quantidade de glicose existente no sangue é chamada de glicemia. Ela depende diretamente da insulina produzida pelo pâncreas e da quantidade de açúcar – ou carboidratos – que ingerimos durante o dia.

Quando a insulina produzida não é suficiente para que a glicose seja aproveitada pelas células, há excesso de glicose no sangue ou hiperglicemia. Já no extremo aposto, a baixa ingestão de carboidrato em relação à quantidade de insulina circulante deixará pouca glicose no sangue, criando um quadro de hipoglicemia.

Saúde no Prato: Reeducar os hábitos alimentares fará toda diferença na vida do diabético, que terá que se livrar principalmente dos açúcares e carboidratos. Uma alimentação saudável controla as taxas de glicemia, evita os picos de insulina e ajuda no controle do peso, melhorando a qualidade de vida do diabético, pois, além de dar energia e disposição, impede o desenvolvimento de diversas outras doenças associadas á doença.

Confira 10 Alimentos que Ajudam Prevenir o Diabetes:

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.