Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Anorexia Nervosa – Sintomas, Causas e Tratamentos

Anorexia Nervosa – Sintomas, Causas e Tratamentos. Alem disso A Anorexia Nervosa, conhecida simplesmente como anorexia, é um transtorno alimentar que pode resultar em perda de peso severa. As principais características deste transtorno são o baixo peso corporal anormalmente intenso, medo intenso de ganhar peso e percepção imprecisa do peso corporal.

Causas da Anorexia Nervosa:

A anorexia afeta muito mais pessoas jovens (entre 15 a 25 anos), e do sexo feminino (95% dos casos de Anorexia Nervosa ocorrem em mulheres). Muitos especialistas acreditam que a influência da mídia é a principal (mas não a única) causa de transtornos alimentares. Isto porque a mídia comumente (mas não sempre) impõe o estereótipo em que a magreza é um fator importantíssimo, se não indispensável, para o sucesso social e econômico de uma pessoa, desde de redes de televisão até filmes e revistas. Tal influência é bastante negativa em crianças e adolescentes, em qual a personalidade ainda está em formação, e casos de garotas entre 11 a 14 anos anoréxicas existem com relativa freqüência.

Pessoas que passaram por eventos traumáticos anteriormente, como rejeição familiar ou abuso físico e/ou sexual também possuem um maior risco de serem anoxéricas. Pessoas em certas profissões, como atletas, bailarinos, dançarinos, ginastas ou modelos, podem motivar uma pessoa a decidir por diminuir seu peso, possivelmente resultando em um transtorno alimentar. O perfeccionismo também é um fator de risco.

Sinais da  Anorexia Nervosa:

Raramente um anoréxico reconhece o seu transtorno alimentar e procura ajuda, portanto cabe muitas vezes a familiares e amigos que suspeitam de Anorexia Nervosa procurar ajuda de profissionais. Muitos dos sinais que indicam a Anorexia Nervosa incluem:

  • Contagem obsessiva de calorias;
  • Saltar refeições;
  • Brincar com a comida no prato em vez de comer;
  • Esconder comida (num guardanapo, debaixo de uma travessa, etc.) para evitar comê-la;
  • Mentir quanto a já ter comido, numa tentativa de evitar uma refeição;
  • Ingerir apenas um determinado tipo de comida;
  • Fazer exercício em excesso, particularmente depois de uma refeição, ou “para abrir o apetite”;
  • Perda dramática de peso;
  • Excessivo interesse em questões relacionadas com peso, imagem corporal e jejum;
  • Vestir (para esconder o corpo) roupa larga ou disforme;
  • Baixos níveis de energia;
  • Doenças frequentes;
  • Sono excessivo;
  • Reduzido ou inexistente apetite sexual.

Tratamento Para Anorexia Nervosa:

Anoréxicos gravemente afetados ao nível do físico podem precisar de ser tratados num hospital residencial ou clínica e voltar a ganhar força antes de efetivamente iniciarem o tratamento do seu transtorno alimentar. Não há sistema ou cura reconhecida para a anorexia, mas os tratamentos podem incluir uma mistura de aconselhamento/terapia, aconselhamento familiar/terapia, terapia cognitivo-comportamental (para mudar o tipo de comida ingerida, bem como comportamentos alimentares e/ou tipo de exercício físico desenvolvido), o recurso a grupos de apoio ou terapia de grupo, e aconselhamento e planeamento nutricional. Raramente se utiliza medicação no tratamento da anorexia, a não ser que seja receitada para tratar condições associadas à depressão.

A anorexia é um transtorno alimentar comum mas altamente perigosa que pode ter efeitos duradouros na saúde física e mental do indivíduo. Muitos anoréxicos não reconhecem a sua transtorno alimentar como prejudicial, e menos ainda procuram diagnóstico e tratamento por sua iniciativa. Em vez disso, são muitas vezes a família e amigos que intervêm para procurar ajuda para a anorexia antes que algum dano irreversível ocorra.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.