Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Dicas Variadas Medicamentos Saúde

Amitriptilina – O que é, Como Usar e Efeitos Colaterais

Amitriptilina – O que é, Como Usar e Efeitos Colaterais que valem a pena conhecermos. Além disso, a Amitriptilina é um medicamento antidepressivo de uso oral, que age no sistema nervoso central promovendo uma sensação de bem estar e ajudando no tratamento da depressão ou dor neurogênica grave. Além disso, a Amitriptilina também pode ser usado como sedativo.

Amitriptilina pode ser encontrado nas farmácias com os nomes Amytril, Neo Amitriptilin, Neurotrypt, Trisomatol e é comercializado pelo laboratório Merck Sharp & Dohme, sendo necessário comprar na farmácia com prescrição médica. O cloridrato de Amitriptilina é indicado para a depressão e para o tratamento de casos de perda involuntária de urina durante o sono, em adultos e crianças.

Como Usar Amitriptilina: A dose recomendada de Amitriptilina vai depender do problema a tratar, da idade do paciente e deve ser sempre receitada e indicada pelo médico.

Adultos: A dose recomendada de Amitriptilina varia geralmente entre 50 a 100 mg, por dia, podendo a dose ser aumentada de 25 a 50 mg por noite, até uma dose total de 150 mg de Amitriptilina por dia. Geralmente, Amitriptilina deve ser administrada à noite. Em alguns casos em que seja necessário, esta dose pode ser aumentada até 200 a 300 mg por dia.

Adolescentes e Idosos: A dose recomendada de Amitriptilina varia geralmente entre 10 a 50 mg, por dia, administrados em doses fracionadas ou em dose única diária, de preferência à noite.

Crianças: Para o tratamento de casos de perda involuntária de urina durante o sono, a dose recomendada de Amitriptilina para crianças dos 6 aos 10 anos de idade é de 10 mg a 20 mg por dia, ao deitar. Para crianças a partir dos 11 anos de idade, a dose recomendada da Amitriptilina é de 25 a 50 mg por dia, ao deitar.

Contraindicação da Amitriptilina: A Amitriptilina é contraindicada para pacientes que mostraram hipersensibilidade anterior à substância. Não deve ser ministrada simultaneamente com um inibidor da monoaminoxidase, haja vista que têm ocorrido crises hiperpiréticas, convulsões graves e mortes em pacientes que receberam antidepressivos tricíclicos e medicamentos inibidores da monoaminoxidase concomitantemente.

Quando se deseja substituir um inibidor da monoaminoxidase (IMAO) pela Amitriptilina, deve-se esperar um mínimo de quatorze dias depois do IMAO ter sido interrompido. A Amitriptilina deve, então, ser iniciada cautelosamente e a posologia aumentada gradativamente até ser obtida uma resposta ideal.

A Amitriptilina é contraindicada para pacientes que recebem cisaprida por causa da possibilidade de reações adversas cardíacas, inclusive prolongação do intervalo QT, arritmias cardíacas e distúrbios do sistema de condução. A Amitriptilina não é recomendado para uso durante a fase de recuperação aguda após infarto do miocárdio.

A Amitriptilina não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Amitriptilina contém lactose.

Efeitos Colaterais da Amitriptilina: Os efeitos colaterais da Amitriptilina são gradativos e bastante fortes, por isso é necessário tomar a Amitriptilina conforme indicação médica, nunca tome mais ou menos do que o recomendado pelo seu médico. Siga corretamente as instruções, assim menores são as chances de sofrer com alguma consequência da Amitriptilina.

Infelizmente são vários os efeitos colaterais da Amitriptilina. Alguns são mais comuns como ganho de peso, perda de apetite sexual, queda de cabelo, olhos e boca seca, intestino preso, alterações do eletrocardiograma, arritmias cardíacas, entre outros. Realmente são muitos os efeitos colaterais da Amitriptilina e você pode se assustar, mas se já faz um acompanhamento médico e ele já conhece seu histórico de saúde, não se preocupe se ele indicar amitriptilina.

Existem também alguns efeitos colaterais secundários da Amitriptilina, nesse caso você precisa ficar atento e informar seu médico assim que acontecer como:

  • Dormência ou fraqueza repentina;
  • Dor de cabeça súbita;
  • Problema de visão fala;
  • Confusão;
  • Desequilíbrio;
  • Sensação de que você vai desmaiar;
  • Alucinações;
  • Movimentos musculares inquietos.

Esses efeitos colaterais podem assustar bastante, se está tomando ou vai começar a tomar a Amitriptilina é bom ficar de olho, pois qualquer coisa pode ser indício da necessidade de parar com o tratamento.

Obs: Qualquer medicamento se for ingerido em grandes doses pode causar problemas no organismo humano. Por isso, assim que você perceber que ingeriu a Amitriptilina de forma excessiva se encaminhe para um centro médico com urgência.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.