Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Doenças Respiratórias

Alergia Respiratória – Oque é Sintomas e Tratamento

Antes de ler o Artigo, Curta-nos Abaixo!

Alergia Respiratória – Oque é Sintomas e Tratamento. que não devem ser ignorado pois é preciso estar atento. Além disso, Muitas pessoas sofrem frequentemente com as alergias respiratórias, que podem afetar diariamente as suas atividades. Embora as alergias não são doenças graves, elas são muito incomodas. Então, saiba sobre Alergia Respiratória – Oque é Sintomas e Tratamento:

O que é alergia respiratória: As reações alérgicas em geral são causadas por substâncias às quais as pessoas alérgicas se tornaram sensibilizadas (alergenos). Muitas pessoas podem ser alérgicas a alergenos contidos no ar respirado e, nesse caso, se fala em Alergia Respiratória. Alguns desses alergenos podem causar doenças respiratórias diretamente ou exacerbar condições previamente existentes em pessoas susceptíveis, como as crianças e os idosos. As alergias respiratórias mais comuns são a rinite alérgica (também conhecida como febre do feno) e a asma, que podem ocorrer juntas ou separadas.

Sintomas da Alergia Respiratória: Os sintomas da rinite se devem a secreções excessivas das glândulas mucosas no nariz, congestionamento de grandes veias da cavidade nasal, causando obstrução ao fluxo aéreo nasal e irritação dos nervos sensoriais no nariz, garganta e olhos por inflamação.

Assim, essa alergia nasal gera corrimentos e/ou congestionamentos nasais e espirros, tosse, aperto no peito, chiado, falta de ar, coceira, inflamação de ambos os olhos, erupções e pápulas cutâneas, seios paranasais congestionados, dor de cabeça, sono perturbado e falta de concentração. Esses sintomas são piores no início da manhã.

Os sintomas da asma são causados por secreções excessivas nos brônquios, espasmo do músculo liso na parede brônquica e inchaço inflamatório da mucosa brônquica.

Estas alterações causam obstrução ao fluxo de ar para dentro e para fora dos pulmões. O aumento da obstrução durante a expiração leva à falta de ar, chiado e aprisionamento de ar no peito. A tosse é causada por secreções aumentadas e inflamação das vias aéreas.

Alergia Respiratória Como Prevenir: Os pacientes devem evitar o tempo seco e a poluição, que pioram as alergias respiratórias. As estações frias do ano podem aumentar o risco de complicações respiratórias, como a rinite e a asma, porque os alergenos permanecem suspensos no ar durante mais tempo, devido ao clima seco.

Uma boa maneira de evitar as alergias é garantir para o bebê o aleitamento materno e evitar a exposição de crianças de até um ano a pelos de animais e outros agentes alergênicos.

Também devem ser evitadas a poeira doméstica, peles mortas de pessoas e animais, fibras de tapetes, mofos, pelos de animais, esporos de fungos e ácaros. Algumas medidas práticas podem ser colocar capas nas almofadas e colchões, manter a casa limpa e sem poeira, ventilar diariamente os cômodos da casa, evitar locais com fumaça, mofo e cheiros fortes e beber, pelo menos, dois litros de água por dia.

Tratamento para Alergia Respiratória: O tratamento para alergia respiratória depende dos sintomas e tipo de alergia que o paciente apresenta, podendo ser asma, rinite ou sinusite.

No entanto, o tratamento para alergia respiratória, normalmente, inclui o uso de remédios anti-histamínicos e corticoides, como:

  • Terfenadina;
  • Intal;
  • Cetotifeno;
  • Desloratadina.

OBS: Porém, antes de tomar estes remédios, os indivíduos com alergia respiratória, devem consultar um clínico geral para diagnosticar a causa e iniciar o tratamento adequado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.