Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças Doenças e Tratamentos

Abscessos Cutâneos – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Abscessos Cutâneos – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos para melhor lidar com os efeitos dessa condição. Além disso, os Abscessos Cutâneos são manifestações purulentas, que surgem na pele, causadas por uma infecção bacteriana.

Isto acontece quando, uma lesão cutânea menor permite que as bactérias normalmente presentes na pele penetrem e causem uma infecção. Assim, um Abscesso Cutâneo caracteriza-se por ser uma área edemaciada, dolorosa e sensível, a qual, à palpação, parece estar cheia de líquido espesso.

Um Abscesso Cutâneo pode desenvolver-se, ampliar ou diminuir, dependendo dos micro-organismos ou leucócitos (glóbulos brancos), em uma série de locais no corpo. Os Abscessos Cutâneos podem se desenvolver em qualquer órgão e nos tecidos moles abaixo da pele em qualquer área.

Os locais mais comuns incluem a mama, gengiva e a área peri-retal. Os locais mais raros são o fígado e o cérebro. Os sítios mais comuns para o aparecimento de Abscessos Cutâneos sob a pele incluem a axila e na virilha. Essas duas áreas têm um grande número de gânglios linfáticos, que são os responsáveis por combater a infecção.

Abscessos Cutâneos – O que é: O Abscesso Cutâneo é o resultado de uma infecção que forma uma cavidade preenchida com pus na pele. Ocorre quando uma infecção penetra na pele e o sistema imune do corpo tenta combatê-la.

Células de defesa do sangue, os leucócitos ou células brancas, saem dos vasos sanguíneos para a área infectada provocando um processo inflamatório que forma o pus, que é uma mistura de leucócitos, bactérias e tecido morto.

O Abscesso Cutâneo pode ocorrer em qualquer parte da pele, mas é mais frequente em áreas de dobra, como as axilas, virilhas e região perianal. Também é comum na região da base da espinha, quando decorrente do cisto pilonidal.

Causas de Abscessos Cutâneos: Os Abscessos Cutâneos são causados por uma obstrução das glândulas sebáceas ou glândulas sudoríparas, inflamação dos folículos pilosos ou pequenas interrupções e perfurações da pele.

A causa do Abscesso Cutâneo é geralmente uma infecção bacteriana. A bactéria invade a pele através de uma porta de entrada, como uma perfuração ou um folículo piloso, e pode se desenvolver ao redor de um corpo estranho na pele, como uma farpa.

Micro-organismo podem infectar essas glândulas, o que provoca uma resposta inflamatória do organismo, a fim de matar esses germes. Dentro do abcesso há células mortas, bactérias e outros detritos. Esta área começa a crescer, criando uma tensão sob a pele e inflamação dos tecidos circundantes.

Sintomas dos Abscessos Cutâneos: O principal sintoma a ser observado no Abscesso Cutâneo é a inflamação, seguindo por um inchaço visivelmente vermelho ou roxo, bastante doloroso e quente ao toque.

Está inflamação pode se espalhar no local e quando isso ocorre gera complicações graves quando atinge a corrente sanguínea. Dependendo da intensidade do Abscesso Cutâneo, ele pode ser acompanhado de febre, dor local e prostração.

  • Dor, calor e vermelhidão;
  • Sensibilidade ao toque;
  • Irritação na área afetada;
  • Aumento da temperatura da pele;
  • Úlcera aberta ou fechada;
  • Inchaço localizado, endurecimento em cima da pele;
  • Pus na área afetada de cor branca ou amarela;
  • Calafrios.

Os Abcessos Cutâneos medem normalmente de 1 a 3 cm de diâmetro, embora o tamanho possa variar entre eles. A pele sobre o Abscesso Cutâneo pode ser bastante frágil e caso seja apertada pode acabar por romper.

Tratamento Abscessos Cutâneos: Os Abscessos Cutâneos pequenos podem ser minimizados pela aplicação de compressas quentes sobre a área várias vezes ao dia. Este irá, por vezes, promover a drenagem espontânea no local do ferimento, já os mais graves necessitam de intervenção médica, seja com uma cirurgia simples ou com medicamentos controlados.

Um Abscesso Cutâneo sem tratamento pode trazer disseminação localizada da infecção, morte do tecido, provocando, endocardite, osteomielite, sangramento, aparecimento múltiplo de novos Abscessos Cutâneos, além de formação de Abscessos Cutâneos nas articulações, na pleura ou em outros locais do corpo.

O ideal é consultar um médico sempre que considerar que tem algum tipo de Abscesso Cutâneo, para que receba um tratamento mais adequado, sem correr o risco de espalhar a infecção pelo corpo, pois em casos mais profundos, pode ocorrer até internação do paciente.

As pessoas mais predispostas às infecções são os indivíduos com higiene deficiente, com seborreia, que usam roupas apertadas, com diabetes mellitus, com deficiência nos glóbulos brancos neutróficos, obesos e sistema imunitário baixo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.